domenica 24 luglio 2016

Olimpiadi di Rio :gli australiani chiedono un idraulico , Il prefetto di Rio vuole mandargli un canguro !


Gli australiani protestano e decidono di restare in hotel sino a che tutti i problemi non saranno risolti . Esilarante la risposta di Paes ,  prefetto di Rio:


O prefeito Eduardo Paes disse que considera legítimas as reclamações e que botaria até cangurus para deixar os australianos mais felizes.
“Vamos fazer os australianos se sentirem em casa. Estou quase botando um canguru aqui na frente para pular na frente deles aqui (...) Mas as reclamações são legítimas. Eles fizeram grandes Jogos em Sidney, e vamos devolver essa recepção a eles”, disse Paes, segundo “O Globo”.
O diretor de comunicação australiano Mike Tancred, rebateu: "Não precisamos de cangurus, precisamos de encanadores para dar conta dos vários lagos que encontramos nos apartamentos" disse, à "Folha".


Mancano undici giorni ai Giochi di Rio, ma la situazione è caotica al villaggio olimpico. La "casa" degli atleti ha aperto i battenti, ma non è pronta. "Parte degli appartamenti è in ritardo -ammette il comitato organizzatore -, operai continueranno a lavorare 24 ore al giorno per risolvere i problemi". Coinvolta anche la spedizione italiana, costretta ad appaltare lavori in proprio per completare la sua palazzina, ma alcuni Paesi -che non sono proprio entrati- stanno ancora peggio. "Altri atleti -aggiunge Rio 2016- saranno piazzati nei locali pronti sebbene non destinati al loro Paese".

"Tra le zone incomplete del Villaggio Olimpico di Rio - conferma il Capo Missione del Coni, Carlo Mornati - ci sono anche alcuni appartamenti della palazzina 20, quella destinata all'Italia, che da alcuni giorni vedono al lavoro squadre di operai, elettricisti, idraulici e muratori. Lavori appositamente appaltati con urgenza dal Coni in loco per far sì che le condizioni di alloggio degli atleti azzurri possano essere messe al più presto nella normalità". Mornati ha aggiunto: "Desidero ringraziare Anna Riccardi e la squadra del Coni che in questi primi giorni hanno dovuto affrontare imprevedibili e pesanti situazioni d'emergenza. Chiedo alle atlete e agli atleti la massima collaborazione e comprensione soprattutto fino a quando il Villaggio non sarà completato".

 Dal punto di vista australiano la situazione è ancora più pesante: "Il villaggio è inabitabile, le condizioni sono pessime, ci sono problemi dal punto di vista idraulico, elettrico e del gas", recita una nota del comitato olimpico. "I nostri atleti, alcuni dei quali arriveranno domani, inizialmente staranno in albergo - continua la nota -: qui nelle stanze del villaggio ci sono docce e sanitari che non funzionano e allagamenti".



venerdì 22 luglio 2016

Terroristi per " hobby " arrestati in Brasile dalla PF che li definisce una "cellula di amatori."



A Polícia Federal informou nesta sexta-feira (22) que os dez presos da Operação Hashtag foram levados para o presídio federal de Campo Grande. A unidade é de segurança máxima e recebe presos de alta periculosidade. Os presos são suspeitos, segundo o MInistério da Justiça, de terem realizado "atos preparatórios" visando ações terroristas.

As prisões, realizadas a 15 dias da olimpíada, foram as primeiras no Brasil com base na recente lei antiterrorismo, sancionada em março pela presidente afastada, Dilma Rousseff. Também foram as primeiras detenções por suspeita de ligação com o grupo terrorista Estado Islâmico, que atua no Oriente Médio, mas tem cometido atentados em várias partes do mundo.

Segundo o ministério, alguns dos investigados na operação chegaram a fazer um juramento virtual ao grupo, no qual repetiam palavras de uma gravação, mas não tiveram contato com membros do Estado Islâmico.

Para as autoridades brasileiras, os presos são uma "célula absolutamente amadora" e sem "nenhum preparo".

Quatro pessoas foram presas no estado de São Paulo; uma no Amazonas ; uma no Paraná; uma no Rio Grande do Sul; uma no Rio de Janeiro; uma no Ceará e uma na Paraíba.

Outras duas pessoas têm mandado de prisão, mas ainda não foram detidas pela polícia. Na quinta (21), o governo informou que já rastreia esses suspeitos e deve prendê-los "em breve".

Além das prisões, foram cumpridos 19 mandados de busca e apreensão em dez estados – São Paulo (8); Goiás (2); Amazonas (2); Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Paraíba, Ceará, Minas Gerais e Mato Grosso (um em cada). Houve ainda duas conduções coercitivas, em São Paulo e Minas Gerais.

Fonte : Globo

Zika non è una esclusività dell'Aedes Aegypti anche il "Culex quinquefasciatus" può trasmettere il virus


Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) apresentaram nesta quinta-feira (21), no Rio de Janeiro, um estudo inédito que mostra que o mosquito "Culex quinquefasciatus", conhecido como muriçoca ou pernilongo doméstico, é um potencial transmissor do vírus da zika. Até então, só havia a certeza da transmissão pelo mosquito Aedes aegypti.

A pesquisa foi conduzida pela Fiocruz Pernambuco na Região Metropolitana do Recife, onde a população do Culex é cerca de 20 vezes maior do que a população de Aedes.

Os resultados preliminares identificaram a presença de Culex quinquefasciatus infectados naturalmente pelo vírus zika em três dos 80 grupos de mosquitos analisados. Em duas amostras, os mosquitos não estavam alimentados, demonstrando que o vírus estava disseminado no organismo do inseto e não em uma alimentação recente num hospedeiro infectado.

Apesar do anúncio, a Fiocruz reforçou que o risco de contágio no Rio durante a Olimpíada é baixo, de acordo com entrevista dada à BBC. A pesquisa não encontrou mosquitos Culex no Rio infectados.

Mais estudos


Segundo informações da Fiocruz, a partir dos dados obtidos serão necessários estudos adicionais para avaliar o potencial da participação do Culex na disseminação do vírus da zika e seu real papel na epidemia.

"Até os resultados de novas evidências, a política de controle da epidemia de zika continuará pautada pelas mesmas diretrizes, tendo seu foco central no controle do Aedes aegypti", diz a nota publicada no site da fundação..

Fonte Globo

Turista italiano infetto da Chikungunya , un altro da Zika



Un caso di Chikungunya è stato diagnosticato in un ragazzo residente a San Polo, recentemente rientrato dal Brasile, area in cui il virus è endemico. A renderlo noto è stata l’Ausl di Reggio Emilia. Ora il ragazzo - che non è ancora maggiorenne - è ricoverato in ospedale e le sue condizioni di salute risultano discrete.

La febbre di Chikungunya è una malattia virale trasmessa attraverso la puntura di zanzara e caratterizzata da febbre alta, forti dolori articolari e muscolari, rash cutaneo. Questi i sintomi che nei giorni scorsi il giovane ha manifestato. Inizialmente, pensavano a un normale malessere. Poi, anche in relazione al recente viaggio affrontato, il ragazzo è stato sottoposto ad accertamenti ulteriori che hanno confermato il contagio.

Una volta accertato il virus, sono stati attivati immediatamente – in collaborazione con il Comune di San Polo - i protocolli del caso che contemplano l’effettuazione, intorno alla zona in cui il giovane vive e a quelle che frequenta, di una serie ripetuta di disinfestazioni contro la zanzara tigre, sia in area pubblica sia privata, con modalità “porta a porta”.

L’Ausl ricorda che la zanzara tigre è l’unico vettore di questa patologia: la febbre Chikungunya, infatti, non si trasmette direttamente da uomo a uomo, ma solamente attraverso la puntura di una zanzara infetta. Non vi è, al momento, nessun altro caso sospetto e non sussiste alcun allarme sanitario.

Per avere maggiori informazioni sugli interventi messi in atto dalla Regione Emilia Romagna per la protezione nei confronti delle zanzare invasive è possibile consultare il sito internet www.zanzaratigreonline.it.

Soltanto pochi giorni fa, analghe disinfestazioni sono state fatte a Correggio dove, sempre di tirono da un viaggio in sud America, una persona è risultata contagiata dalla Zika.

Fonte : Gazzetta di Reggio 

giovedì 21 luglio 2016

SELIC festeggia il compleanno : confermata al 14,25%


La SELIC festeggia il compleanno , il  Comitato COPOM ha infatti deciso all'unanimità il mantenimento della tassa al 14,25% , valore che mantiene dal  27 Luglio del 2015.

Per coloro che hanno investito in Titoli legati alla SELIC è una buona notizia mentre per l'economia in generale è una ulteriore fonte di preoccupazione . Il controllo della inflazione  è il principale motivo del mantenimento della tassa di juro all'attuale , elevato, valore . 

In effetti l'elevato prezzo dei prodotti alimentari continua a pesare sul bilancio della maggior parte delle famiglie brasiliane . L'inadempienza è elevata . E' stato calcolato che la metò della popolazione brasiliana compresa nella fascia etaria dai 30 ai 39 anni , è inadempiente .

La inadempienza fa parte di un costume , purtroppo comune , dei brasiliani . Dopo 11 anni di Brasile posso affermare che questa è una delle maggiori differenze culturali con cui mi sono scontrato . Il brasiliano medio NON risparmia , anzi tende a spendere  più di quanto guadagna . Se deve fare un aquisto , spesso non primario , e non ha i soldi , se li fa prestare . Si indebita con una certa facilità . Di questo costume le Banche brasiliane hanno fatto il loro punto di forza !!


O conjunto dos indicadores divulgados desde a última reunião do Copom mostra perspectiva de estabilização da atividade econômica no curto prazo. Entretanto, as evidências sugerem que a economia segue operando com alto nível de ociosidade;

No âmbito externo, o cenário permanece desafiador. No curto prazo, o ambiente encontra-se relativamente benigno para as economias emergentes. No entanto, a dinâmica da recuperação da economia global permanece frágil, com incertezas quanto ao seu crescimento;

As expectativas de inflação apuradas pela pesquisa Focus para 2017 recuaram, mas seguem acima da meta para a inflação, de 4,5% .As projeções condicionais do Copom para a inflação permaneceram relativamente estáveis nos horizontes relevantes para a condução da política monetária desde sua última reunião, mas recuaram em relação às projeções divulgadas no último Relatório de Inflação. No cenário de referência, a projeção para a inflação de 2017 encontra-se em torno da meta de 4,5%. No entanto, no cenário de mercado, a projeção para 2017 está em torno de 5,3%.

O Comitê identifica os seguintes riscos domésticos para o cenário básico para a inflação:

Por um lado, (i) a inflação acima do esperado no curto prazo, em boa medida decorrente de preços de alimentos, pode se mostrar persistente; (ii) incertezas quanto à aprovação e implementação dos ajustes necessários na economia permanecem; e (iii) um período prolongado com inflação alta e com expectativas acima da meta pode reforçar mecanismos inerciais e retardar o processo de desinflação;

Por outro lado, (iv) os ajustes na economia podem ser implementados de forma mais célere, permitindo ganhos de confiança e reduzindo as expectativas de inflação; e (v) o nível de ociosidade na economia pode produzir desinflação mais rápida do que a refletida nas projeções do Copom.

Tomados em conjunto, o cenário básico e o atual balanço de riscos indicam não haver espaço para flexibilização da política monetária.

Fonte : Banco Central