Home attualità Continuano i ritardi nelle opere pubbliche di Natal

Continuano i ritardi nelle opere pubbliche di Natal

1
0
CONDIVIDI

Benchè inaugurato nel Marzo 2010 dalla allora Governatrice dello Stato Wilma de Faria , la Stazione di trattamento del Baldo continua inattiva ed i liquami inviati direttamente nel Rio Potengi .

Se la città vuole ospitare la coppa del 2014 e proporsi quale meta turistica di eccellenza del Nordeste non può permettersi questi ritardi !

Testes suspensos: Estação de Tratamento do Baldo segue inativa
De Erta Souza para o Diário de NatalO esgoto de 21 bairros de Natal continua sendo jogado direto no rio Potengi porque a Estação de Tratamento do Esgoto (ETE) do Baldo, apesar de inaugurada em março de 2010 pela então governadora Wilma de Faria (PSB), está inativa. Embora os testes com água tenham sido iniciados, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) teve que suspender devido ao grande volume de areia detectado nas grades grossas da tubulação.

A obra ainda não tem data definida para entrar em funcionamento porque os técnicos da Caern e da empresa responsável pela construção da ETE trabalham para identificar a causa da entrada da areia no sistema da estação. Os testes com esgotos que seriam iniciados esta semana tiveram que ser suspensos também. A diretoria da Caern informou que os testes somente serão liberados quando foram detectadas as causas e o problema resolvido para garantir que o processo de tratamento ocorra sem falhas.

Numa análise preliminar, os técnicos acreditam que o problema pode ter sido ocasionado por alguma ruptura provocada na tubulação por recalque do aterro onde está localizada a estação. A assessoria de comunicação da Caern adiantou que a empresa tem se cercado de todo o cuidado necessário para garantir que a ETE do Baldo funcione sem riscos de vazamento de esgotos o que provocariam sérios danos ao meio ambiente e à população que vive no entorno da obra.

Mesmo com o vazamento de areia detectado na tubulação da obra, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) não detectou irregularidade no local e concedeu a licença de operação da ETE no dia 14 de janeiro. Com essa liberação, a Caern poderia iniciar os testes com esgoto, mas devido à quantidade de areia encontrada na tubulação, os testes com esgotos tiveram que ser suspensos.

Quando estiver funcionando plenamente a ETE vai beneficiar 350 mil habitantes. Foram investidos na obra R$ 84,2 milhões em serviços e equipamentos. Além dos testes com água, a Caern realizou nos últimos meses serviçosde interligação das redes coletoras de esgotos dos bairros beneficiados pela ETE que é a única no Nordeste a realizar tratamento terciário, contribuindo para a despoluição do rio Potengi.
Fonte : Diario de Natal


Booking.com
CONDIVIDI

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here