giovedì 28 luglio 2011

BNDS approva R$ 300 milioni per la costruzione della Arena Das Dunas

O Rio Grande do Norte conseguiu a liberação de R$ 300 milhões do BNDES para a construção da Arena das Dunas, estádio que receberá a Copa em Natal.
A confirmação foi dada através de um telefonema do presidente do banco, Luciano Coutinho, à governadora do RN, Rosalba Ciarlini, na noite de ontem (27). Natal é a única cidade-sede que não começou a construir seu estádio da Copa.

Segundo o secretário estadual da Copa, Demétrio Torres, o cronograma para o início da demolição do estádio Machadão, que dará lugar à Arena das Dunas, deve ser definido na segunda quinzena de agosto. O antigo estádio deve ser demolido em setembro.

Apenas a parte superior do Machadão será implodida. A parte inferior do estádio e o ginásio Machadinho serão demolidos de forma mecânica.

Gestão
A Arena das Dunas tem um custo estimado em R$ 400 milhões, sendo que 75% virão de empréstimo do BNDES e 25% da OAS, vencedora da licitação da Parceria Público-Privada (PPP).
Em parceria com a empresa holandesa Amsterdã Arena, a construtora vai administrar o novo estádio por 20 anos e receberá ao longo deste período o equivalente a R$ 1,28 bilhões dos cofres estaduais, a chamada contraprestação da PPP.

A previsão de entrega da Arena das Dunas é dezembro de 2013. A área onde será construído o novo estádio foi cercada e o canteiro de obras está sendo montado. Os prédios da Secretaria de Esportes de Natal, que funcionava no Machadão, e as Federações Esportivas, que tinham suas sedes no Machadinho, já foram removidas, assim como a iluminação e o gramado do velho estádio.

Nessun commento:

Posta un commento

Lasciate qui un vostro commento