mercoledì 18 aprile 2012

SELIC risalirà al 10% nel 2013 ?

Analistas chegam à reunião de abril do Comitê de Política Monetária (Copom) com a firme aposta de que o ciclo de corte do juro acabará hoje . Iniciado em agosto do ano passado, o processo de redução da Selic deve ser concluído hoje a tarde  com a diminuição da taxa em 0,75 ponto, para 9% ao ano.( La riduzione  è effettivamente avvenuta ed alla unanimità )

A previsão consta da pesquisa Focus realizada com economistas e divulgada ontem pelo Banco Central.

No último levantamento antes da decisão sobre o rumo do juro, analistas mantiveram pela quarta semana consecutiva a expectativa de que a redução de abril deverá ser idêntica à anunciada em março, quando a Selic caiu para os atuais 9,75%.

A pesquisa mostrou, portanto, que foi enterrada a expectativa que ganhou adeptos nos últimos dias de que o ciclo de corte poderia terminar em maio. Essa aposta nasceu após a constatação de que os preços têm subido menos que o previsto.

A possibilidade de cortes mais fortes no juro perdeu força há alguns dias após entrevista do presidente do BC, Alexandre Tombini, que afirmou que a inflação “vem caminhando conforme o esperado” e que, por isso, não há necessidade de se alterar a estratégia de política monetária.

“A sinalização dos últimos comunicados do Banco Central é bastante explícita ao afirmar que as taxas de juros provavelmente serão reduzidas para um patamar pouco superior ao mínimo histórico”, diz o departamento de estudos e pesquisas econômicas do Bradesco, que também prevê redução de 0,75 ponto na reunião de amanhã.

Mas o mercado acredita que a estratégia do BC – que deve cortar o juro em 3,5 pontos no atual ciclo iniciado no ano passado – deve ter implicações negativas. Analistas preveem que a inflação oficial, medida pelo IPCA, deve ter alta de 5,08% em 2012. No ano seguinte, com mais crescimento da economia e juros menores, os preços devem subir com mais força: 5,50%.

Para evitar o descontrole dos índices de inflação, economistas acreditam que o BC deverá a voltar a subir o juro para segurar a demanda e, por consequência, os preços. Na pesquisa Focus, prevalece a expectativa de que a Selic voltará a subir em abril de 2013, quando irá para 9,50%. Em seguida, subirá para 10%, patamar que deve ser mantido até o fim do ano.

2 commenti:

  1. Ciao Antonio dopo l'ennesimo taglio dei tassi pare chiara l'intenzione di portare il real in area 2,60-2,80 ottima occasione per aumentare la propria esposizione sulla valuta.Cosa ne pensi?grazie per questo stupendo blog

    RispondiElimina
    Risposte
    1. Come detto in precedenza l'azione del governo Dilma per contrastare l'effetto della crisi è la svalutazione del real. Pertanto , fino a che non scoppia una nuova bomba Grecia , possiamo aspettarci effettivamente questi valori del cambio .

      Elimina

Lasciate qui un vostro commento