sabato 12 maggio 2012

Antonio Nahud Jr , presenta il suo ultimo libro a Natal

O jornalista, prosador e poeta baiano Antonio Nahud Júnior desta vez brinda o leitor com o livro de contos PEQUENAS HISTÓRIAS DO DELÍRIO PECULIAR HUMANO (Editora Nação Potiguar, 154 págs. ) a ser lançado em 17 de maio, às 19h, no Nalva Melo Salão Café, na Ribeira (Natal, Rio Grande do Norte), entre performances artísticas de Cláudia Magalhães e Henrique Fontes, ao som de jazz e com uma exposição fotográfica inspirada na obra do pintor Francis Bacon. 


Pequenas histórias, por certo, apenas no nome. Nelas está toda a experiência que o escritor conquistou em suas andanças pelo Brasil e pela Europa – lugares que lhe possibilitaram realizar tanto seu ofício de formação quanto os de vocação. Com prefácio de Jorge de Souza Araújo, poeta e professor de Literatura Brasileira e Literatura Comparada na Universidade Federal da Bahia (UFBA), e apresentação de Ruy do Carmo Póvoas, escritor e ex-professor titular de Língua Portuguesa da Universidade de Santa Cruz (UESC), e Danielle Carvalho Crepaldi, doutorada em Teoria Literária pela UNICAMP, a obra reúne sessenta e quatro curtas histórias escritas nos últimos 10 anos e publicadas em revistas, jornais, sites e blogues. Nem por isso, contudo, são menos significativas no conjunto de sua obra. Nelas, o leitor encontrará a sagacidade, a argúcia, o fascínio, a emoção autêntica, a fábula e a luminosidade que caracterizam o estilo “lúcido alucinado” de Nahud, com personagens sempre prontos a correrem riscos irracionais em busca da crença romântica da plena realização das possibilidades de suas vidas enfadonhas – seja em Portugal, Espanha, Marrocos ou Brasil.

 Dono de uma prosa em que o ritmo, a cor, o lúdico, a vivacidade descritiva e uma delicadeza de expressão transformam situações banais em riquíssimo material de ficção, Nahud reverbera nestas suas histórias uma evidente influência cinematográfica no ritmo e em descrições voluptuosamente brilhantes dos cenários. Ademais, o conhecimento da produção literária ocidental que o autor detém está patente, nos textos, no modo como ele retrabalha gêneros e tópicos caros à literatura. Estão neles presentes as mitologias grega, romana e nórdica; a tragicomédia de cunho iconoclasta; o fantástico, o terror e o lúdico. Edgar Alan Poe, Henry Miller, Henrik Ibsen ecoam nessas histórias – alguns textualmente mencionados, o que patenteia a vertente literária à qual ele se inclina. No entanto, a visada pessimista às relações sociais e afetivas por vezes dá as mãos ao lirismo.

Em seu conjunto, os escritos de PEQUENAS HISTÓRIAS DO DELÍRIO PECULIAR HUMANO oferecem ao leitor um instigante passeio literário e existencial. A obra será lançada ao longo do ano em João Pessoa, Recife, Aracaju, Salvador e São Paulo. O escritor baiano, que reside em Natal, publicou nove livros, entre eles, “Ficar Aqui Sem Ouvido Por Ninguém”, “ArtePalavra – Conversas no Velho Mundo” e “Se Um Viajante Numa Espanha de Lorca”.



Lançamento:
PEQUENAS HISTÓRIAS DO DELÍRIO PECULIAR HUMANO
de Antonio Nahud Júnior

Data:
17 de maio de 2012, às 19h

Local:
Nalva Melo Salão Café
(Av. Duque de Caxias, 110 – Térreo  do Edifício Bila, Ribeira,
Natal, Rio Grande do Norte)

Valor do exemplar:
R$ 25,00

Nessun commento:

Posta un commento

Lasciate qui un vostro commento