martedì 5 giugno 2012

Brasile versus Spagna

L'articolo che segue , mostra nei suoi toni , la crisi nelle relazioni tra Brasile e Spagna .
"Nel tentativo di superare la crisi finanziaria che attinge principalmente i paesi  della Unione Europea , la Spagna , fissò , DI FRETTA , una riunione con imprenditori brasiliani ..."   e ancora parlando del turismo aggiunge " Juan Rosell ha riconosciuto l'importanza del turismo per la economia spagnola , MA NON HA PARLATO DELLA POLITICA ADOTTATA DAL PAESE PER BLOCCARE L'INGRESSO AI BRASILIANI .





Na tentativa de vencer a crise financeira que atinge principalmente os países da União Europeia, a Espanha marcou, às pressas, uma reunião com empresários brasileiros, que ocorreu nesta segunda-feira, na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI), em Brasília. O presidente da CNI, Robson de Andrade, e o equivalente espanhol, Juan Rosell, firmaram hoje um acordo para "unir forças e buscar novos mercados", segundo resumiu o brasileiro.
"Ampliar as exportações é caminho. Assinamos um acordo de cooperação entre as empresas dos dois países para que se unam e busquem mercados, principalmente na Ásia e no Oriente Médio, aproveitando a expertise da Espanha e conhecimento dos brasileiros", disse Robson de Andrade.

Segundo o presidente da confederação de indústrias brasileiras, o objetivo é ampliar o investimento espanhol nos setores têxtil e de vestuário brasileiros. "O que precisamos é de design, de moda, de inteligência. Isso a Espanha tem para nos dar. Acho que este é um momento oportuno para unir nossas forças e unir os mercados". A ideia também é aproveitar o conhecimento daquele país para produzir equipamentos de geração de energia solar e eólica.

Segundo Juan Rosell, a crise financeira tornou a situação espanhola "complicada", principalmente com o alto número de desempregados no país, que supera 20% da população. "Em 2008 a economia espanhola cresceu quase o dobro de outras economias e a partir de 2009 temos tido graves dificuldades. Nos primeiros sete anos deste século criamos cinco milhões de empregos e nos últimos quatro anos fechamos três milhões de vagas. O novo governo está empenhado em fazer reformas", afirmou o industrial.

Turistas brasileiros


Juan Rosell reconheceu que os recursos injetados por turistas são importantes para a economia espanhola, mas não falou sobre a política adotada pelo país para barrar brasileiros. "Na Espanha, o turismo é 50% do mercado interno, todos os turistas nos fazem falta. Estamos com as portas abertas na para que todos os turistas visitem a Espanha", disse. O assunto deve ser tema de conversas ainda hoje entre a presidente Dilma Rousseff e o Rei Juan Carlos I, da Espanha. Ambos se reunião no Palácio do Planalto e depois participam de almoço em homenagem ao rei no Palácio do Itamaraty.

Fonte : Terra.com

2 commenti:

  1. Mia nonna soleva dire "quando il lupo è bisognoso, si fa umile e rispettoso ..."
    ma mia nonna non era spagnola...
    Marco

    RispondiElimina
  2. Interessante articolo sulla situazione spagnola:
    http://geopoliticamente.wordpress.com/2012/06/13/spagna-la-fiesta-e-finita/

    mentre in Italia si stabilisce il nuovo record del debito pubblico ....

    saluti
    Marco

    RispondiElimina

Lasciate qui un vostro commento