martedì 5 febbraio 2013

In gennaio le importazioni brasiliane superano pericolosamente le esportazioni

Segnale di allarme per la economia brasiliana o semplicemente frenesia dei consumi ? Sicuramente un messaggio per il Governo per aumentare la competitività dei prodotti brasiliani .

A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 4,035 bilhões no mês de janeiro, pior resultado mensal da série histórica, que tem 20 anos, segundo dados divulgados nesta sexta-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic).

O saldo negativo resulta da diferença entre US$ 15,968 bilhões em exportações e US$ 20,003 bilhões em importações, valor recorde para meses de janeiro.

A média diária das exportações caiu 1,1% sobre janeiro do ano passado, passando de US$ 733,7 milhões em 2012, para US$ 725,8 milhões neste ano.

Já a média diária das importações cresceu 14,6%, para US$ 909,2 milhões de US$ 793,2 milhões no primeiro mês de 2012. Os importados totalizaram valor recorde para os meses de janeiro, ao chegarem a US$ 20,003 bilhões, e foram a principal influência para o déficit.

Os combustíveis puxaram a importação. Os desembarques do item subiram em janeiro 55,7%, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Os bens de capital tiveram elevação de 14,6%. Os dados levam em consideração os valores pela média diária.

Nessun commento:

Posta un commento

Lasciate qui un vostro commento