venerdì 10 maggio 2013

Natal , imprese familiari di successo : Gruppo Guararapes

No início da década de 1970, o capital da empresa foi aberto e, em 1976, foram construídas as fábricas de Fortaleza (CE), hoje com 60.000m² e de Mossoró (RN), com 9.800m² de área construída. Nesse mesmo ano foi criada a cadeia de lojas Super G.



Em 1979, a Guararapes adquiriu as cadeias de lojas Riachuelo e Wolens, expandindo sua atuação para o varejo têxtil, área responsável pelo maior crescimento do grupo atualmente. Desde o início, o objetivo do grupo Guararapes é comercializar produtos de alta qualidade a preços baixos, sempre buscando satisfazer e agregar valor a seus clientes, objetivo inalterado até os dias de hoje. Nesse mesmo ano, foi inaugurada a Guararapes Têxtil em Natal (RN), com 40.000 m² de área construída.
Idealizada por Flávio Rocha, em 1982, foi lançada a marca Pool, grife que sempre se manteve conectada com os jovens e foi ícone de moda nos anos 80, além de ter sido a principal patrocinadora do piloto Ayrton Senna no início de sua carreira, quando ele competia nas categorias Kart e Fórmula-3.




Hoje, a marca se multiplicou para atingir mais de um segmento. Para o público jovem feminino: Pool Atitude, Pool Trendy e Pool Glam. Para o público jovem masculino: Pool College, Pool Atitude e Pool Black. Para o adulto masculino: Pool Originals, Pool Work e Pool Casual.

Em 1997, a unidade fabril de Natal (RN) foi transferida e ampliada para o distrito industrial de Extremoz (RN), hoje com área construída de 150.000 m², responsável pela produção da malharia do grupo e por parte da camisaria, enquanto as três unidades fabris de Fortaleza (CE) produzem tecido plano (sarja, jeans e camisaria).
O grupo vem investindo em pesquisa, criação, desenvolvimento e no processo de distribuição para aperfeiçoar sua operação e intensificar a elaboração do modelo integrado, a fim de aperfeiçoar seu timing entre o desenvolvimento do produto e sua entrega nas lojas. Para isso, conta com dois grandes centros de distribuição, um em Extremoz (RN), inaugurado em 2000, com 55.000 m² e outro, inaugurado em 2002, em Guarulhos (SP), com 86.000 m² que, junto com a Transportadora Casa Verde são responsáveis pela logística do grupo.

Hoje o grupo Guararapes é um exemplo de estabilidade e solidez no mercado. Representa a maior confecção de vestuário da América Latina, com uma produção de quase 200.000 peças por dia, que são totalmente comercializadas pela Riachuelo. Além daRiachuelo, o grupo é proprietário do Shopping Midway Mall, inaugurado em abril de 2005 em Natal (RN) e da Midway Financeira.

A história da Guararapes teve início em 1947, quando Nevaldo Rocha abriu sua primeira loja de roupas chamada "A Capital", em Natal (RN). Quatro anos depois, a empresa implantou uma pequena confecção em Recife (PE) e adquiriu vários pontos de venda, em um momento em que o mercado de roupas no nordeste começava a se desenvolver.Em outubro de 1956, os irmãos Nevaldo e Newton Rocha fundaram a Guararapes, em Recife (PE). Dois anos depois, sua matriz foi transferida para Natal (RN), com a inauguração de sua primeira fábrica, com 2.500m² de área construída e onde se mantém até os dias de hoje.

5 commenti:

  1. Mia moglie e' di Fortaleza. Lavorava come caporeparto alla Guararapes appunto di Fortaleza.Nel 2010 venne licenziata (assieme ad altre lavoratrici),prendeva 1500 reais di salario mensile.AL loro posto vennero assunte giovani donne e con meno della meta' salario. Riguardo ai negozi Riachuelo che si trovano a Fortaleza,rispetto a pochi anni fa la qualita' e' scaduta e si vendono soprattutto articoli di vestiario proveniente da India-Cina e paesi orientali varii,appunto di qualita' scadente.Annosesto saluta.

    RispondiElimina
    Risposte
    1. Stanno semplicemente copiando le nostre Aziende di successo ( Benetton in testa )

      Elimina
  2. aspetto di vedere i "Guarapares" aprire centinaia di negozi sparsi nei 5 continenti...copiare le nostre Aziende di successo non e' cosi facile!!

    RispondiElimina
    Risposte
    1. Non vorrei riaprire la solita polemica ma il Gruppo Guararapes che ovviamente nemmeno mi conosce è già il maggior gruppo tessile dell'America Latina .Qui almeno è una realtà che ancora da lavoro a migliaia di brasiliani il che non si può dire per le nostre aziende di successo che continuano a delocalizzare con i risultati che tutti conosciamo sulla economia e sul morale degli italiani.

      Elimina
    2. L' industria produce beni; lo scopo è fare utili, quando non ci riesce più a volte delocalizza per superare il problema altre volte chiude o si riqualifica... Prima o poi potrebbe succedere anche al Gruppo Guararapes, ma non è una colpa, stanno semplicemente facendo il loro lavoro; mi sa che anche stavolta il dito va puntato altrove.
      Roberto

      Elimina

Lasciate qui un vostro commento