Home Vivere in Brasile Copa 2014 : Natal solo dietro Rio de Janeiro per numero di...

Copa 2014 : Natal solo dietro Rio de Janeiro per numero di diarie vendute dagli hotel .

1
0
CONDIVIDI

O cenário para a Copa do Mundo que era visto como negativo pela hotelaria de Natal, com a devolução de 60% a 80% dos apartamentos reservados pela agência Match, da Fifa, já começa a dar sinais de mudança, ao menos para as grandes redes.

Em estudo realizado entre a segunda e a terceira semana de abril, o Fórum de Operadores Hoteleiros no Brasil (FOHB) identificou que entre as redes de Natal há registro de 81% de vendas concretizadas, colocando a capital potiguar na segunda colocação entre as sedes que mais venderam diárias. O índice só é inferior ao do Rio de Janeiro, onde chega a 87%.

De acordo com o levantamento do FOHB, 5 mil diárias foram vendidas em Natal. Conforme o estudo, a capital potiguar ainda dispõe de 15% dos leitos e outros 4% permaneceram bloqueados pela Match. As redes presentes em Natal somam 777 leitos em seis hoteis, segundo o Fórum.

Magnus NascimentoArena das Dunas: estádio da Copa em Natal deve atrair torcedores e potenciais consumidores em junhoArena das Dunas: estádio da Copa em Natal deve atrair torcedores e potenciais consumidores em junho

Entre as grandes redes em Natal, o jogo que mais atraiu hóspedes foi Gana e Estados Unidos, com ocupação de 85% dos leitos. O segundo jogo mais atrativo foi México e Camarões, com 84%, seguido por Japão e Grécia, com 79% das vendas efetivadas. O último colocado foi Itália e Uruguai, que somou 74% dos apartamentos vendidos. Em todos os casos, a conta incluiu o dia do jogo e a véspera.

A capital potiguar só ficou atrás do Rio de Janeiro no estudo apresentado pelo FOHB, somando 87% das vendas concretizadas entre os hoteis associados. O pior resultado foi de São Paulo, que apareceu na pesquisa com 24% dos leitos já vendidos.

A reportagem buscou junto ao FOHB um representante para comentar os números, mas não havia ninguém disponível. Conforme noticiado pelo UOL, a diretora executiva do Fórum, Flávia Matos, atribuiu a situação de São Paulo à alta capacidade hoteleira da cidade que, segundo ela, “pode acomodar muito mais do que uma Copa do Mundo”. Ela considerou o fato da capital paulista ter ocupação motivada pelo turismo de negócios.

Natal

Para não ficarem no prejuízo, hoteleiros que tiveram leitos devolvidos pela Match tiveram que buscar estratégias para atrair hóspedes. Uma delas foi baixar os preços. Embora não informe os valores das negociações, o diretor-presidente do Marsol Hotel, Felipe Lundgren, explica que a redução dos preços foi necessária.

No caso do Marsol, das 3 mil diárias reservadas de 12 de junho a 13 de julho, a Fifa só ficou com 28. Dos 144 apartamentos que dispõe, 100 foram reservados. “Só ficaram com 28 diárias, o que dá uma média menor do que 1 apartamento por dia”, explica.

Maioria dos leitos que a Fifa reservou foram devolvidos, mas empresas têm conseguido virar o jogo

Optando por baixar preços, ele diz que tem conseguido reverter a situação e hoje já garantiu cerca de 80% da ocupação nos dias de jogos. Por outro lado, no mês, a taxa de ocupação deverá ficar entre 50% a 60%.

O diretor do Hotel Majestic Natal, Abdon Gosson, garante que terá 100% dos 130 apartamentos ocupados de 11 a 26 de junho. “A procura do nosso hotel é exceção. Vamos receber presidentes de companhias aéreas, diretores de empresas, altos executivos, pessoas que querem ficar em um hotel com o nosso perfil”, explica.

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here

*