giovedì 29 ottobre 2015

L'affitto aumenta del 10 % negli ultimi 12 mesi : i proprietari compensano l'inflazione .

Proprio così , l'investimento immobiliare si rivela ancora valido perchè oltre al valore del capitale il valore dell'affitto si rivaluta annualmente sulla base dell'indice IGPM che negli ultimi 12 mesi ha registrato una crescita del 10% compensando appunto l'inflazione ufficiale .


O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), também chamado de inflação do aluguel, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, fechou o mês de outubro em alta de 1,89%, contra 0,95% no mês anterior. Com isso, o indicador acumulou aumento de 8,35% no ano e de 10,09% em 12 meses, de acordo com a Fundação Getulio Vargas . Considerando apenas o mês de outubro, a taxa é a mais alta desde 2002, quando chegou a 3,87%.

Os três componentes do IGP-M apresentaram as seguintes trajetórias, na passagem de setembro para outubro: o Índice de Preços no Atacado subiu de 1,30% para 2,63%, o Índice de Preços ao Consumidor, de 0,32% para 0,64%, e o Índice Nacional da Construção, de 0,22% para 0,27%.

São Paulo

No início desta semana, o sindicato da habitação de São Paulo disse que os contratos novos de aluguel ficaram, em média, 0,5% mais baratos em setembro, na comparação com o mês anterior. Frente a setembro do ano passado, a queda é ainda maior, de 2,1%, contra inflação de 8,4%, medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), no acumulado do mesmo período.

Fonte : O Globo

Nessun commento:

Posta un commento

Lasciate qui un vostro commento