Home economia Il Consorzio Inframerica si aggiudica la costruzione del nuovo aeroporto di Natal...

Il Consorzio Inframerica si aggiudica la costruzione del nuovo aeroporto di Natal : sarà pronto per la Copa 2014

6
3
CONDIVIDI

O Consórcio Inframérica, liderado pelo grupo Engevix em parceria com a argentina Corporacion América, venceu ontem o leilão do Aeroporto Internacioal de São Gonçalo do Amarante (ASGA) com uma proposta de R$ 170 milhões, e prometeu inaugurar o futuro empreendimento antes da Copa 2014. Natal, distante 13 quilômetros do aeroporto, é uma das 12 sedes do mundial de futebol. A informação foi dada em coletiva de imprensa na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa), logo após encerrado o leilão, às 11h, por José Antunes Sobrinho, um dos sócios do grupo. O contrato deverá ser assinado no dia 22 de novembro deste ano – antes o resultado precisa ser homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O consórcio administrará a concessão por período de 25 anos, renováveis por mais cinco, e terá 36 meses para inaugurar o novo aeroporto.

Os investimentos previstos são de R$ 650 milhões. Segundo o executivo da companhia, a intenção da empresa é “tocar as obrasno ritmo mais rápido possível, porque o nosso interesse é aproveitar o pico de demanda da Copa”. José Antunes se mostrou otimista e disse que, apesar do forte ágio pago no leilão em relação ao preço mínimo (228% acima do lance mínimo inicial, que era de R$ 51,7 milhões), o aeroporto de São Gonçalo do Amarante será um negócio rentável para o grupo. “Estamos absolutamente confortáveis com o ágio que estamos pagando hoje”, disse Antunes Sobrinho.

O leilão teve 87 lances e estava marcado para acontecer, inicialmente no dia 19 de julho, mas foi adiado a pedido das empresas. Três grupos disputavam o leilão: Engevix, Grupo MPE e Triunfo Participações e Investimentos. Outros três grupos apresentaram ofertas pelo aeroporto na primeira fase do leilão: ATP-Contratec (R$ 62,04 milhões), Aeroleste Potiguar (R$ 51,7 milhões) e Aeroportos Brasil (proposta inicial de R$ 75 milhões).

A companhia vencedora se comprometerá com investimentos de cerca de R$ 600 milhões ao longo dos 28 anos do contrato de concessão. Além de construir o terminal de passageiros, com salas de embarque e desembarque, erguerá toda a área destinada à exploração comercial, como lojas e cinemas, e fazer a manutenção do terminal. À União caberá concluir a construção das pistas de pouso e decolagem, do pátio para as aeronaves e da torre de controle. 

Fonte : Diario de Natal


Booking.com
CONDIVIDI

3 Commenti

  1. pensavo fosse solo areoporto commerciale … ma leggendo ho capito che ci sarà anche uno scalo passeggeri … e numerose attività cresceranno come funghi. La zona che attualmente è un deserto (almeno… lo era alcuni mesi fa…) sarà terreno fertile per nuove attività sia in campo commerciale che turistico …. correggimi Anto se sbaglio !!!! Andrè

  2. Vedremo chi vincera´ la scommessa tra governo e i molti scettici che non credono che le molte infrastrutture promesse saranno realizzate.
    Io ad esempio sto scommettendo con vari amici che la linea 2 del metro di Salvador che dovrebbe collegare il nuovo stadio Fonte Nova con l´aeroporto, servendo la parallela, verra´realizzato prima delle olimpiadi.
    Staremo a vedere.
    Marcofalco

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here