Home News Non trovo le parole

Non trovo le parole

5
5
CONDIVIDI


Booking.com
CONDIVIDI

5 Commenti

  1. Non è un caso che Paolo Barbard abbia definito monti un bugiardo criminale. Come pure non è un caso che i massoni di Bilderberg, di cui monti fa parte, siano tornato oggi a riunirsi negli Usa per decidere le sorti delle prossime presidenziali.
    A monti non gliene frega assolutamente niente dei pensionati, dei lavoratori, dei giovani, degli handicappati e dei precari italiani, dall'alto della sua saccente ricchezza e con le tasche piene anche dei nostri vitalizi, lui sta lì solo per portare a termine il compito cospirativo affidatogli dai compari di Trilaterale, Bilderberg e FMI, dopo l'uscita di scena di tremonti: ossia portare l'Italia e gli italiani nella miseria e nel baratro della ricattabilità definitiva. E' solo come uno spietato sicario senza emozioni al soldo della mafia.
    La verità è che non ci sono parole per definire criminali come monti, napolitano & Co. e forse non saremo mai in gradi di calcolare i danni che stanno facendo a noi, al nostro futuro ed al nostro Paese.

    http://youtu.be/BWvIC6mNsvc

    saluti

    • Il link corretto è : http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,empreendedor-estrangeiro-descobre-o-potencial-do-brasil-e-investe-em-pequenas-empresas,114347,0.htm

      Il testo è il seguente :

      Eles são jovens, formados nas melhores escolas de negócios do mundo e poderiam trilhar carreiras de sucesso em seus países de origem, não fosse a vontade de empreender e criar empresas com alto potencial de crescimento em economias emergentes. Em comum, escolheram como destino o Brasil.
      Esse é o perfil dos empreendedores estrangeiros que, atraídos pelo crescente mercado de consumo e pela estabilidade econômica, chegam em número cada vez maior ao País. A escolha é baseada na visão de que o Brasil é hoje o mais amigável, menos problemático e com maior qualidade de vida entre os Brics (que inclui também Rússia, Índia, China e África do Sul).

      A crise econômica, que afeta principalmente a Europa e os Estados Unidos, é outro fator que estimula esse novo fluxo de imigração. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), no ano passado, as autorizações para estrangeiros trabalharem no Brasil cresceram 25,9%, chegando a 70.524 vistos concedidos. Desses, 1.020 eram pessoas que vieram ao País abrir o próprio negócio. Sozinhos, eles investiram R$ 204,2 milhões, quase 20% a mais que os R$ 170,3 milhões aplicados em 2010.

      Naturalmente NON stiamo parlando degli imprenditori italiani che arrivano qui in Brasile …

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here