Home lavoro Ennesimo ” cazziatone ” di Blatter al Brasile : il...

Ennesimo ” cazziatone ” di Blatter al Brasile : il Paese con maggiore ritardo da quando lavoro per la FIFA

11
8
CONDIVIDI

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, está desde 1975 na entidade. Ao longo de todo esse tempo, segundo ele, nenhum país atrasou tanto a preparação para a Copa como o Brasil. O recado foi dado em entrevista publicada neste fim de semana pela imprensa suíça, em que reconhece que somente agora as autoridades locais se deram conta do desafio de organizar um Mundial.

“O Brasil acabou de se conscientizar do que é a Copa. Eles começaram tarde demais. É o país com mais atrasos desde que estou na Fifa e foi o que teve mais tempo, sete anos, para se preparar”, afirmou Blatter ao jornal 24 Heures.

Ao todo, seis dos 12 estádios previstos para a competição ainda não foram inaugurados: a Arena Corinthians (São Paulo), a Arena da Baixada (Curitiba), o Beira Rio (Porto Alegre), a Arena Pantanal (Cuiabá), a Arena das Dunas (Natal) e a Arena da Amazônia (Manaus). Essas últimas duas, no entanto, têm abertura programada para acontecer neste mês. O prazo final dado pela Fifa era 31 de dezembro do ano passado.

No sorteio dos grupos da Copa do Mundo, na Costa do Sauípe, na Bahia, o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, confirmou que as obras deverão ficar prontas somente a um mês da entrega das arenas, em 22 de maio.

Outro motivo de preocupação da Fifa, os protestos que atingiram as ruas durante a Copa das Confederações deverão se repetir no Mundial. Blatter, ainda assim, não se mostra preocupado com a possibilidade de as manifestações atrapalharem a realização do torneio entre os dias 12 de junho e 13 de julho. Ele não acredita que os brasileiros ‘atacariam’ um esporte que é tratado como uma ‘religião’ internamente.

“Não tenho medo. Nós sabemos que teremos novas manifestações e protestos. Os últimos, na Copa das Confederações, nasceram nas redes sociais. Não tinham objetivo, reivindicações reais. Mas durante a Copa, elas serão mais concretas, mais estruturadas. O futebol será protegido. Não acredito que os brasileiros atacarão o futebol diretamente. No país deles, o futebol é uma religião”, concluiu o dirigente, que assumiu o comando da Fifa em 1998.


Booking.com
CONDIVIDI

8 Commenti

  1. Il cazziatone di Blatter è giusto visto che la metà degli stadi non erano pronti al 31 dicembre 2013 ma, la cosa più grave, è che nessuna opera infrastrutturale a servizio della città è stata fatta, almeno a Salvador. A parte una timida ripitturata na Barra la città qui non ha beneficiato minimamente del mondiale 2014. Nessuna strada, nessun metrò, nessun ospedale nuovi, nessun progetto turistico, quindi solo tempo e soldi persi. Occasione irripetibile gettata alle ortiche al di là della propaganda governativa.

  2. Blatter há gia' fatto qualche passo indietro.

    "Um dia depois de criticar o atraso brasileiro na preparação para a Copa do Mundo, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, resolveu moderar o discurso. Por meio do Twitter, o dirigente disse que o Brasil será um ótimo anfitrião. "Apenas 157 dias para o jogo de abertura em São Paulo. Os preparativos estão a todo vapor nas doze sedes. Brasil 2014 será um sucesso”, escreveu"

  3. Caro Marcofalco, spero che a differenza di Italia 90, gli stadi fatti per lo meno durino di piú o siano stati fatti per bene. Un Mondiale non serve solo a costruire lo stadio, che perfettamente si puó trasformare in una cattedrale nel deserto.
    Mi sbaglieró o ha ragione Antonio, sulla Fifa….. Vedremo fra qualche mese se questo mondiale sará servito solamente per far fatturare i soliti 4 personaggi che sponsorizzano tutto il baraccone, oppure no. Certo é che costruire stadi fantastici in cittá che calcisticamente non hanno dietro una grande cultura calcistica, non é stata una bella mossa( Brasilia, e nel Nord del Brasile per esempio). Lo stadio di Natal é costato poco, quanto uno stadio nuovo europeo (150-200 milioni di euro per 40-50000 posti). Peró per il momento é stato fatto solo quello……
    Vedremo se per lo meno a Rio faranno tutti i progetti che sono in programma per le Olimpiadi, del resto é proprio l' Olimpiade che cambia radicalmente una cittá ( come é successo a Barcellona ). E vedremo quanto costeranno tutti questi cambiamenti….. Un saluto

  4. La Fifa non fa passi indietro davanti a nessuno, figuriamoci davanti a Dilma, sarebbe invece meglio se il Brasile facesse un passo avanti. Blatter stà usando il bastone e la carota ma la critica è stata chiarissima e giustamente pesante !! Francesco (Uberlandia)

  5. Buonasera, sò che non c'entra con l'argomento ma non sapevo dove scrivere…sapreste dirmi se esiste in Brasile l'equivalente dell'assegno circolare italiano…?? Grazie

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here