Home economia I turisti invadono la Città del Sole

I turisti invadono la Città del Sole

8
4
CONDIVIDI

A Copa do Mundo chegou e está mexendo com a economia potiguar. Hotéis, restaurantes, bares, lojas, transportes: todos foram impactados, seja positiva ou negativamente, com a chegada a Natal de mais de 27 mil estrangeiros e 144 mil brasileiros, segundo o Ministério do Turismo (MTur). Em 12 dias, a capital potiguar está recebendo um número de turistas de fora do país equivalente a dois terços dos 40 mil estrangeiros contabilizados pelo MTur em 2012 – dado mais recente. Mas esse movimento é capaz de fomentar o turismo internacional no RN? Agora que a Copa é uma realidade, é possível dimensionar o legado que vai ficar?

Logo depois do apito final soar na Arena das Dunas para Estados Unidos e Gana, na segunda-feira, a Avenida Miguel Castro estava repleta de americanos que comemoravam a vitória de sua seleção com cerveja em mãos e sorriso no rosto. Em Ponta Negra, ganeses e brasileiros dançavam ao ritmo do som africano no evento Ghana in Brazil, elevando em cerca de 40% as vendas dos bares na área.

A estimativa do Ministério do Turismo (MTur) é que nos 12 dias de Copa em Natal mais de 170 mil turistas – entre brasileiros e estrangeiros – desembolsem mais de R$ 311 milhões na cidade. Só entre os turistas de fora do país, a média de gastos no Brasil é de R$ 5.500 por pessoa, dinheiro que vai para hotéis, bares, restaurantes e transportes.

Só nesse período, serão 27.945 estrangeiros em Natal, o que equivale a dois terços – 69% – dos cerca de 40 mil desembarques internacionais registrados no Rio Grande do Norte em 2012 (dado mais recente do MTur).
Também no entorno do estádio, o Pittsburg registrou crescimento de 60% nas vendas nos dias de jogos em Natal. A média do mês deve ficar em torno de 30%, diz o gerente Ivanilson Cavalcante. “Mesmo nos jogos do Brasil, tivemos bom movimento. Embora não tenha sido como o esperado durante o jogo, depois as pessoas começam a chegar”, relata. Ele acrescenta que foram necessárias horas extras e a contratação de oito funcionários para a demanda.

No Botequim Beleza, ao lado do evento Ghana in Brazil, o aumento nas vendas foi de 30% a 40%. Os donos Dayan Câmara e João Guilherme Rocha comemoram. “O evento contribuiu para que pessoas que não costumam vir ao bar passem a conhecê-lo e retornem”, avalia João.

Fonte : Tribuna do Norte 

Booking.com
CONDIVIDI

4 Commenti

    • Ho trovato un articolo dal titolo pomposo ma che si ruduce a due interviste con evidenti contenuti opposti . Un ragazzo grafitero ( di quelli che sporcano i pochi edifici storici del centro e noi paghiamo ) e quello del segretario generale della Copa 2014 di Natal che , per posizione , deve difendere l'operato del governo .
      Io abito a Natal ma nessuno mi ha intervistato , anzi si , ma volevano il mio parere su Balottelli !
      I giornalisti , quelli veri , non quelli mordi e fuggi qui non si sono visti .Perchè non intervistano la popolazione di classe media una volta tanto ? Invece di andare solo a pescare nelle favele ? Si vuole dare sempre la stessa versione del Brasile . Ma di questo ho già parlato e sono stanco di ripetermi .

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here