Home immobili Oggi si commemora il Giorno dell’Immigrante Italiano

Oggi si commemora il Giorno dell’Immigrante Italiano

28
5
CONDIVIDI

In tutto il Brasile oggi , 21 Febbraio si commemora il Giorno dell’Immigrante Italiano . Nel Rio Grande do Sul si stima che il 30% della popolazione abbia origini italiane .


Fede e culinaria sono le maggiori eredità dei nostri antenati afferma l’agricoltore Sadir Zortea . I primi italiani arrivarono senza ricorsi finanziari solo con alcune sementi di granturco per fare la polenta e grano per fare il pane ! 
 
O Dia do Imigrante Italiano é comemorado nesta terça-feira (21) em todo o Brasil. A data lembra a chegada das primeiras famílias ao país. No Rio Grande do Sul, historiadores estimam que cerca de 30% da população tenha origem italiana.Embora a Serra Gaúcha seja conhecida como berço da imigração, os descendentes estão espalhados por todas as regiões do estado. Tanto que na pequena cidade de Viadutos, na região Norte, 70% dos habitantes têm descendência italiana. Um grupo de amigos, inclusive, busca resgatar a memória dos colonizadores nas roupas, no canto e nos costumes.

“Nossos antepassados vieram da Itália sem nada de poder aquisitivo, mas tinham o principal que era a fé. Eles levavam junto consigo, com a família, aquela crença que a gente preza também no dia de hoje”, afirma o agricultor Sadir Zortea.

Na igreja ou em casa, rezar era sagrado para os imigrantes. Uma tradição que é mantida até hoje pela família Zortea. “É o costume que a gente aprendeu com nossos pais, nossos avós”, conta a aposentada Alzira Zonin Zortea.

Outra tradição mantida pelos italianos está na culinária. Mas não pense que foi fácil trazer as comidas que eram feitas na Itália para o Brasil. Em especial na região Norte do estado, houve muita dificuldade.

“Primeiro a dificuldade da lavoura, que não tinha. Era só mato. Eles desbravaram e cultivaram o que trouxeram da Itália, as sementes de milho para polenta e o trigo para o pão”, conta a funcionária pública Odete Soccol.

Outras heranças também permanecem cultivadas pelos descendentes italianos, como a união da família, o dialeto da região e os jogos. Como não tinham recursos financeiros nem tecnologia, as brincadeiras eram movidas pela criatividade.

Jogo da Abelha, do Galo, da Mora, além do dialeto e da religiosidade. Todas essas tradições, segundo eles, são mantidas como forma de preservar a história dos antepassados.

Fonte : Globo
CONDIVIDI

5 Commenti

  1. Mi fa molto piacere il tuo ritorno Antonio, chissà se riesco ad incontrarti prima della tua partenza da Natal ( sono ancora in Italia).
    Auguri
    Enrico da Ferrara

  2. Ottoaprile, personalmente non ho mai creduto alle coincidenze. Il ritorno del tuo utilissimo blog non è un caso, anzi è una fase positiva del tuo destino che coinvolge positivamente tutti noi. Insomma…….il ritorno è strameritato!

LASCIA UN COMMENTO

Please enter your comment!
Please enter your name here